Education Recruiting

Porque você deveria trabalhar em uma Fintech

março 17, 2022

O crescimento do mercado de Fintechs já não é apenas especulação. Recebendo cerca de 74% de todos os aportes realizados em startups só no mês de fevereiro, cerca de R$567 milhões estão sendo investidos em soluções transformadoras dentro das empresas, seguidos pelas HRtechs. (MoneyTimes, 07/03/2022)

O público que tem mais tido contato com estas empresas no setor são os jovens, que desbancam os “bancões” para explorar soluções digitais que estudam as necessidades do usuário garantindo cartões sem anuidade e integrações que comportam grande parte das necessidade bancárias do público, resultando em manobras de inclusão financeira para essa massa que está nos primeiros degraus do mercado de trabalho.

Para quem está do outro lado, em busca de atuar dentro destas empresas, não é diferente. Milhares de vagas abrem todos os dias, bem como programas de treinamento para quem está apto a se adaptar ao novo ritmo do mercado — Mas por que você deveria trabalhar em uma fintech? 

Neste artigo, a Be Academy analisou uma série de fatores que garantem que as fintech são ótimos lugares para potencializar a sua carreira. Confira abaixo:

Entendendo a flexibilização e alta tecnologia

Atuar em um ambiente jovem e em constante aprendizado é uma experiência que você precisa ter ao menos uma vez na vida. A autonomia oferecida pela maioria das fintechs te ajuda a construir soluções para problemas do dia-a-dia e ter seu trabalho reconhecido com um forte senso de validação

Além do mais, a diversidade de experiências que esta experiência profissional te proporcionará é algo muito valioso para qualquer mercado. A possibilidade de trocar conhecimentos, criar projetos do zero e inovar são muito maiores dentro de startups como as fintechs, desenvolvendo soft skills como resolução de problemasauto aperfeiçoamento de habilidades e correção de pontos fracos — até mesmo à nível pessoal. 

Participando de rituais e ambientes diversificados

Um outro fator muito interessante e que você precisa saber, é que as ‘techs’ normalmente tem times pequenos se comparados às multinacionais. 

O grande benefício disso é que o seu papel na construção de uma cultura vida e enraizada na empresa será inúmeras vezes maior, pois a comunicação é facilitada e existe um networking mais forte entre os colaboradores. 

Com um grande volume de trabalho que vem da mentalidade das fintechs, assim como todas as startups, de ter um crescimento contínuo e escalável, há muito mais regalias para garantir equilíbrio e manter todos saudáveis, como: ambientes interativos, videogames, eventos e bonificações relacionadas à entrega de resultados

Com a acessibilidade ao CEO, que em grandes empresas é colocado em um pedestal, bem como ao restante da equipe, sentir que pertence a uma startup não é difícil. 

Então você já pode esquecer promoções que levam uma eternidade e o desejo por posições inacessíveis, em uma fintech você crescerá de maneira rápida e sem limites

Construindo sua metodologia e desenvolvimento pessoal

Em um ambiente com tantas chances para testar novos caminhos, o amadurecimento profissional também ocorre num piscar de olhos, pois as fintechs valorizam muito aqueles que conseguem se adaptar à novas rotinas.

Aprendendo com seus próprios erros, sua jornada de aprendizado está longe de ser baseada em apenas políticas e regras da empresa, te ajudando a ajustar seus pontos fortes e fracos para te potencializar no mercado de trabalho.

Para complementar essa formação 360º, você estará em contato direto com as necessidades do cliente e do setor como um todo, sendo capaz de otimizar produtos e serviços com maior eficiência — uma habilidade não tão fácil de conquistar.

“As fintechs costumam atrair profissionais que buscam um ambiente de trabalho onde tenham mais liberdade para expor suas ideias e com oportunidades de crescimento profissional. Perfis que estejam alinhados com a visão, propósito e cultura da organização se destacam dentre os demais” – Thiago Angola, Head de Gente & Cultura da BizCapital.

Despertando o líder que há em você

Unindo toda essa autonomialiberdade e responsabilidade de se trabalhar em uma fintech, depender muito dos outros não te trará os resultados esperados, visto que normalmente você é o ‘head’ daquela tarefa. 

O benefício deste fator está justamente no desenvolvimento do espírito de liderança ao encabeçar seus próprios projetos e ter voz ativa dentro de toda a empresa. 

A troca realizada entre você e os outros colaboradores é uma ótima oportunidade de aprender com quem já solucionou certos obstáculos e, ainda por cima, ter a chance desse alguém ser você.

Começando a sua carreira por aqui

O diploma nem sempre é a maior prova da sua capacidade, e isto é muito defendido dentre as startups. 

Nas fintechs, você encontrará muitas pessoas que estão trilhando um caminho diferente do que planejaram inicialmente, e isso não as torna menos incríveis do que são.

Nestas empresas do setor financeiro, há um grande espaço para crescer e ser o que você quiser. As vagas são muito inclusivas e existe a mentalidade de formar os líderes do futuro. 

Apesar dos desafios que você encontrará pelo caminho, trabalhar em uma fintech será múltiplas vezes mais compensador do que em uma empresa tradicional e, o melhor de tudo, elas já estão esperando por você. 

Por onde começar? 

Na Paylivre, fintech de pagamentos digitais, o lema é “Pagamentos Digitais sem Fronteiras”,  o que já diz tudo sobre o que discutimos acima. 

Em parceria com a Be Academy, juntos desenvolvemos o DevStart Paylivre, um programa de Education Recruitment que garantirá 100 bolsas de estudo para desenvolvedores back-end em todo o Brasil. 

E o melhor: Promete a chance de ser o mais novo desenvolvedor da equipe Paylivre.

Serão preenchidas até 20 vagas com os talentos mais promissores durante o programa, além de uma jornada de 110 horas de aprendizado aprofundado com as maiores lideranças do mercado — com certificado e portfólio pronto para o mercado!

As inscrições já estão abertas e vão até 8 de abril. Quer saber mais? Clique aqui ou no banner abaixo. 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *